PROJETS_MEMOIRE D'EAU

A pesquisa para minha tese de mestrado na EnsAD foi uma forma de mapeamento sensível, onde para tentar entender a memória da água no nosso corpo, na cidade e na natureza, apresentei artistas e filósofos que pensaram na água, o fluxo da água e a relação com o corpo humano.

 

Esta pesquisa trouxe-me à performance, a colocar o meu corpo no mar e a analisar as minhas sensações corporais, a partir do vídeo pensando uma forma de notação do movimento do meu corpo na água. À medida que percorro minhas memórias, tentando me lembrar de coisas e fazer conexões com o tempo e o espaço da minha vida, a água é algo que sempre volta à minha mente. Talvez porque ela sempre esteve comigo ou, como disse Marcel Proust, porque ela é minha melhor memória e minha memória perdida. O corpo aquático é um lugar de troca com o meio ambiente, é como uma membrana porosa entre o interior e o exterior. É a conexão da água material dentro de nosso corpo com a água material que nos rodeia.

 

Mémoire de l'eau
Lacanau, France 2019
Performance - Vidéo 5:00
Vidéo Guido Vilela