SÉRIE_ALEX

 

Alex foi o nome dado à tempestade que atingiu o sul da França em outubro de 2020, fenômeno meteorológico que inspirou esta série criada durante uma residência na Villa Arson. O episódio mediterrâneo da tempestade e os movimentos sinuosos dos rios que transportam seus sedimentos para a bacia do Mediterrâneo tornaram-se para mim um tema poético, permitindo-me criar esta série a partir do impacto que atingiu Saint Laurent du Var;

Tempête Alex; série de fotos analógicas, dimensões variáveis

Vague Chaud; série de aquarelas baseadas em imagens de satélite da tempestade e criadas a partir de pigmentos extraídos de cascas de árvores coletadas na praia, dimensões variáveis

Autopoiesis; vídeo-performance, a partir da minha própria relação com pedaços de árvores e raízes que apanhei na praia, esta performance foi criada com Maëlle Chabrillat e Isabella Aurora a partir de movimentos de improvisação em relação aos pedaços de 'árvores. O vídeo questiona o impacto humano diante de desastres naturais. A relação entre a vida e a morte e nosso momento atual de colapso é trazida a partir de questões como equilíbrio, apoio e impacto. 4:00 Vídeo